Nosso

Oratório

A Igreja foi pensada e projetada antes, mas o Oratório veio primeiro. Ele nasceu durante uma peregrinação à terra santa em 2014 quando Padre Heriberto Mossato sentiu-se inspirado para construir uma igrejinha de pedra.

No dia 16 de maio de 2014 no terreno onde seria construído o Oratório foi rezado o primeiro terço da misericórdia. Repare na foto que uma mesinha foi colocada para sustentar o Santíssimo Sacramento. Jesus é a Pedra Fundamental do Oratório, por isso após a oração o lugar foi sinalizado com um vaso de rosas que durante toda a construção foi preservado.

Aquele terço da Misericórdia não foi apenas o marco inicial do Oratório, mas já indicava a vocação do lugar. Pouco tempo depois, o Oratório se tornaria um lugar de referência para as confissões em Londrina. O Ventre da Misericórdia, como é carinhosamente chamado, é testemunha das inúmeras conversões e reaproximação de jovens e adultos do Sacramento da Confissão. O dia do perdão que acontece toda sexta-feira tem atraído dezenas de pessoas para a reconciliação com Deus.

Ao entrar no Oratório, o fiel percebe espontaneamente o acolhimento de Maria que o conduz cada vez mais para o centro onde está Jesus. O coração facilmente se rende ao silêncio, condição privilegiada com encontro com o Senhor: Ele está no meio de nós!

Com o tempo, os padres foram compreendendo os vários significados que compõem o ambiente do Oratório. A mística do lugar é um belo caminho espiritual para quem deseja aventurar-se na espiritualidade gualandiana. Saiba mais sobre este assunto rezando a NOVENA DOS SIGNIFICADOS no link Orações.

O Oratório hoje, acolhe grupos que reservam o espaço para a oração e meditação comunitária. Algumas cerimônias oficiais são realizadas na frente do Oratório como as missas de terças e sextas à noite. Um lugar do encontro com Deus no centro de Londrina.

A Casa Ventre

Um dos significados do Oratório de Nossa Senhora do Silêncio, vem do seu formato arredondado. Ele recorda o Ventre de Maria, onde Jesus é o centro. Em tempos de iniciativas que promovem a cultura da morte, o grito silencioso de pequenos indefesos rompe o coração de homens e mulheres, que de forma corajosa externam o clamor destes nossos irmãos. O próprio Jesus se identificou com os frágeis e indefesos deste mundo: “tudo quanto o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes” (Mt 25,40).

Viver a espiritualidade do Oratório vai além de sentir-se acolhido e amado por Deus neste lugar santo que guarda cuidadosamente o Cristo Eucarístico, centro e alegria do povo cristão. É também dispor o coração para a conversão batismal que consiste em dizer “não” a esta cultura de morte e um grande “SIM” à defesa da vida em todas as realidades, desde a concepção até o seu encerramento natural.

Estar no ventre de Maria é colocar-se como discípulo diante de Jesus que nos deu a Vida para que a nossa vida encontrasse a sua plenitude. Sair desta Casa Ventre é tornar-se verdadeiros missionários da Vida e mensageiros do amor. Jamais podemos nos omitir quando a vida pede socorro! Pequenos gestos em favor dos pequenos e ameaçados fazem a diferença, por isso é preciso traduzir nossa fé em gestos concretos. É necessário ainda, estar vigilantes à toda e qualquer iniciativa que agride o ser humano, imagem e semelhança de Deus, e com os ouvidos e o coração atentos obedecer às orientações da Igreja.

Que o Oratório, a parábola do Ventre de Londrina, inspire nossa espiritualidade e nossas ações. Que a Virgem Mãe do Silêncio nos ensine a dizer sim à vida. Graça e paz!

CONHEÇA

Oratório

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Rua Comandante Carlos Alberto, 222

Jardim Caravelle - CEP 86039-150

(43) 3337-6625

Londrina - Paraná

VERMELHO.png