Superando obstáculos, florindo para o mundo

Quem olha para o Oratório logo percebe dois tipos de trepadeiras que ornam a fachada: o perfumado jasmim estrela e a pequena e espinhosa rosa vermelha em cachos. Você sabia que esta dupla não estava prevista?



A ideia inicial era plantar e conduzir o jasmim estrela pela beleza das flores e a fragrância de seus perfumes. E assim foi feito!


Num certo dia, um grupo de senhoras trouxe para Nossa Senhora do Silêncio um vaso de flores colhidas em suas casas. Uma destas flores era a tal rosa vermelha. Com o passar dos dias as flores murcharam e foram colocadas ao redor do Oratório para fazer uma espécie de cama vegetal para compostagem, como se fazia com todas as folhas que caíam das árvores do local.


Foi então que algo surpreendente aconteceu. O diácono Glauber, dias depois, ao abrir as portas do Oratório, percebeu um pequeno galho de uma planta no meio das pedras da parte de baixo no lado esquerdo. Pensou ser um galho arrancado de algum outro lugar que alguma criança brincando colocou. Quando puxou, percebeu que ela havia brotado e encontrado entre as apertadas pedras, o caminho da luz!


A pequena rosa cresceu, presenteou o Oratório com seus ramos e suas flores que hoje encantam os peregrinos e visitantes.


Se nada é coincidência e tudo providência, que mensagem você pode tirar de tudo isso?

FAÇA PARTE DA NOSSA MISSÃO

Cadastre-se em nossa lista

de e-mail e receba todos os conteúdos

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

Rua Comandante Carlos Alberto, 222

Jardim Caravelle - CEP 86039-150

(43) 3337-6625

Londrina - Paraná

VERMELHO.png